25 de novembro de 2017

I-Poema para uma mãe
Imagem relacionada

Venturosa mulher, benigna de tanto amar,
Aos olhos que refletem pureza e ardor
Da mãe que trabalha e encanta ao preparar;
Uma linda cantiga, de devoção e amor.

Uma lira fremente de penhor,
Eólia, nobre, que não desiste de tentar,
E por não cair diante de nenhuma dor,
Poderei sempre me envolver e confiar.

Portanto o pacífico dos dias que um dia brilhará
Verei novamente seu semblante, de uma donzela
Que nunca irá fraquejar!


Mãe por favor, me abrace sem hesitar! 

Gabriel G.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna Veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, muito obrigada por sua presença! Deixe seu comentário.
Avise-nos se estiver seguindo o site, iremos retribuir!

Contato
Morgenstern
+55 (44) 9 8438-8067
+55 (44) 9 9887-8750
Paraná, Brasil