• Raízes

    Ancient Tree
Ullswater, Cumbria. UK.

    Como semente plantada em solo fértil
    Germinei
    Nutri-me até estar pronta
    E, então, eclodi
    Era um broto frágil
    Mas, ainda assim,
    Sobrevivi.

    Como semente germinada em solo fértil
    Cresci
    À medida que crescia
    Surgiam-me galhos e folhas
    E cada vez mais
    Havia mais e mais partes de mim.

    Como árvore crescida em solo fértil
    Floresci
    Minhas cores tornaram-se vibrantes
    E eu parecia indestrutível
    E, por vezes, inatingível
    Uma fortaleza com raízes fundas
    Tão fundas a ponto de nunca se encontrar o final.

    Como árvore florescida em solo fértil
    Resisti
    Enfrentei bravamente as estações
    No outono e no inverno
    Vi minhas folhas secarem e caírem ao chão
    Juntei toda a força que encontrei para manter-me viva
    Na primavera e no verão
    Senti que ainda restavam forças para restaurar-me
    E, novamente, floresci.

    Como árvore resistida em solo fértil,
    Morri
    Quando senti que o tempo passava
    Que a chuva fria e o vento forte
    Quebravam-me os galhos,
    E a primavera já não me trazia mais tantas cores.

    Como árvore morta,
    Sem mais condições de resistir
    No chão repousei
    Da mesma terra que me veio a força para viver
    Veio o consumo de meus restos
    Da mesma terra que vim,
    De onde me ergui,
    Caí, desfalecida.

    Michelly Pellá
  • 9 comentários:

    1. Anônimo26.3.17

      Que poema incrível, parabéns para a autora!

      ResponderExcluir
    2. Poema realmente incrível, a autora realmente tem talento.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    3. Amei, o projeto de vocês está crescendo, parabéns à Editora e à Michelly também :3

      ResponderExcluir
    4. Que poema lindo Michelly, apesar de falar de uma planta esse ciclo serve para todos os seres vivos também. Amei! :)
      http://www.corujasemasas.com.br
      Beijos. <3

      ResponderExcluir
    5. Anônimo30.3.17

      Adorei o poema, incrível!

      ResponderExcluir
    6. Oi!
      Poema muito lindo! Amei. Parabéns para a autora.
      Bjs! ice-cream-da-leno.blogspot.pt

      ResponderExcluir
    7. Adorei este poema, é lindo. *.* Michelly parabéns, sucesso <3
      Charme-se

      ResponderExcluir

    Olá, muito obrigada por sua presença! Deixe seu comentário.
    Avise-nos se estiver seguindo o site, iremos retribuir!

    PUBLIQUE SEU TRABALHO!

    Faça parte da Morgenstern! Envie-nos o seu trabalho, é totalmente gratuito!

    ENDEREÇO

    Paraná, Brasil

    E-MAIL

    editoramorgenstern@gmail.com

    CELULAR

    +55 (44) 9 8438-8067
    +55 (44) 9 9887-8750